Health & Wellness

Endometriose: a importância do diagnóstico para o tratamento adequado

O diagnóstico precoce é aliado no tratamento da doença que afeta cerca de 10% das mulheres brasileiras.

Muitas mulheres que sofrem com cólicas crônicas durante o seu período menstrual acham que esse sintoma é algo natural, mas sentir dor não é normal em nenhum momento da vida e isso pode ser o indicativo da endometriose.

A endometriose afeta cerca de 10% da população feminina brasileira, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sendo mais comum entre mulheres de 25 a 35 anos de idade. A doença é provocada pela presença de tecido endometrial fora do útero. Geralmente, o material cai nos ovários ou na cavidade abdominal. As células do endométrio se multiplicam, estimuladas pela ação dos hormônios do ciclo menstrual, causando inflamações recorrentes por onde tenha aderido.

Em um relatório publicado pelo Ministério da Saúde, em 2019, quase 12 mil brasileiras precisaram de internação por causa da doença e muitas dessas passaram por cirurgia para retirada do útero, colo do útero, ovários e tubas uterinas, todos comprometidos pela doença. Continue lendo e descubra a importância da medicina diagnóstica para o sucesso do tratamento.

Causas da endometriose

A causa da endometriose é atualmente desconhecida, mas acredita-se que esteja relacionada a fatores como: menstruação retrógrada, conteúdo menstrual, incluindo células endometriais retornando através das trompas de Falópio ao invés de serem eliminadas, alterações sistêmicas na imunidade e genética, considerando o fator hereditário como uma provável causa para o desenvolvimento da doença.

Por conta da falta de conhecimento acerca da doença, por vezes, os sintomas são considerados medíocres, ignorando o fato de que essa é uma doença debilitante, complexa e multifacetada, pois pode lesionar e comprometer múltiplos órgãos.

A verdade é que as mulheres acometidas por cólicas, muitas vezes incapacitantes, não devem subestimá-las e precisam buscar o diagnóstico correto para que possam novamente ter qualidade de vida com o tratamento.

Infertilidade

Considerada a principal causa de infertilidade feminina, a endometriose provoca mudanças anatômicas que impedem o pleno funcionamento das tubas uterinas, por conta do crescimento do tecido endometrial causando inflamação e um processo espontâneo de cicatrização, o que acaba comprometendo a fecundação. Além disso, as células inflamatórias podem afetar a qualidade do óvulo e do espermatozoide.

Infelizmente, nenhum medicamento, ainda que amenize as dores, conseguirá aumentar as probabilidades de gravidez espontânea da mulher. Para essas pacientes, existem duas possibilidades: a cirurgia ou as técnicas de reprodução assistida.

Por meio de um procedimento minimamente invasivo, é possível devolver à mulher a possibilidade de engravidar. Os benefícios incluem:

  • cicatriz reduzida;
  • menos dor pós-operatória;
  • menor taxa de complicações;
  • recuperação mais rápida;
  • maior conforto.

Sintomas, diagnóstico e tratamento

Os sintomas mais comuns são: cólica menstrual, dor pélvica crônica, dor durante a relação sexual, infertilidade e, em alguns casos, dor para evacuar e alterações intestinais.

Para o diagnóstico, é importante que a mulher mantenha a regularidade das consultas. O exame ginecológico é o primeiro passo para a identificação do problema, em especial o exame de toque, fundamental no diagnóstico em casos de endometriose profunda. Exames laboratoriais e de imagem, como a ultrassonografia transvaginal, são essenciais para que médico e paciente possam definir quais serão as possibilidades de tratamento.

É bastante comum que mulheres mais jovens e com casos mais leves de endometriose, suspendam a menstruação com uso de pílulas anticoncepcionais, por orientação médica. Em casos de lesões graves, geralmente há indicação cirúrgica. Há a indicação de retirada do útero, para aquelas mulheres que já tenham tido filhos.

Se você sofre com dores anormais e/ou muito intensas durante o período menstrual, não deixe de procurar um ginecologista. Quanto mais cedo a endometriose for tratada, menores serão os problemas causados pela doença. Aqui, no Hospital das Clínicas do Ingá, nós contamos com uma equipe médica pronta para ajudar você. Clique aqui e marque sua consulta com o ginecologista.

2 comentários em “Endometriose: a importância do diagnóstico para o tratamento adequado”

  1. The Centre for Cold-Formed Metal Structures (CCFSS) was established at
    the University of Missouri-Rolla (now Missouri University of Science and Engineering) in May 1990 under an initial grant received from the American Metal and Material Start.
    More than the decades, the Center’s sponsorship has developed to include: Cold-Formed Metal Engineers Start, Metallic Structure
    Relationship, Tray Producers Initiate, Simpson Strong-Tie, Metallic Terrace Initiate and Steel Framing Sector Affiliation. In 2000, the Center has been renamed for its Founding Director, Dr.

    Wei-Wen Yu.

    The Middle is dedicated to furthering the field of cold-formed steel and hosts continuing education events such as the
    Wei-Wen Yu Meeting place Classic Conference on Cold-Formed Material Set ups,
    which has taken place every other year since 1971. Leading
    researchers, planners, companies and educators who possess
    engaged in analysis, style, manufacture and the make use of of cold-formed metal members
    get at this discussion to offer detailed discussions of their current studies.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.